Versão para impressão

Missão, Visão,Valores

   Missão: Proteger e promover a saúde e a qualidade de vida dos cidadãos com feridas cutâneas, através do fomento da educação e formação dos cuidadores e profissionais, e da investigação permanente, na procura de soluções que, sustentadas pela evidência científica, constituam um referencial nos contextos de trabalho, ensino e investigação, estimulando as boas práticas, reduzindo a morbilidade e aumentando os ganhos em saúde.

   Visão: Erigir um cunho de excelência na resposta às feridas cutâneas, através do fomento da formação, investigação e práticas baseadas na evidência, da parceria com profissionais organizações e instituições académicas e de saúde, a nível nacional e internacional.

   Valores: Competência, actualização e rigor; promoção de uma interacção afirmativa e democrática; trabalho em equipa, complementaridade e sinergismo na resposta aos objectivos da Sociedade.


   As organizações não são criadas ao acaso, elas existem com objectivos concretos destinando-se a desenvolver actividades bem definidas. Têm, pois, uma missão a cumprir que representa a finalidade da sua existência, o seu propósito e alcance. A enumeração da Missão Organizacional constitui um aspecto relevante para que toda a estrutura organizativa mas também associativa se focalize na sua concretização.

A visão é a imagem que a organização tem de si própria projectada no tempo e no espaço de intervenção. A organização tem vantagens operacionais em construir uma visão adequada de si, dos recursos de que dispõe, da relação que pretende ter com associados e parceiros. A palavra visão simboliza a descrição de um claro sentido de futuro e, bem assim, das acções necessárias à sua concretização com sucesso. A sua clarificação é importante pois garante o assumir de um compromisso partilhado em torno de objectivos, que assume um carácter de militância, o que vai muito para além da hierarquia pois destina-se a envolver e fidelizar capital humano: o património mais importante das organizações.

A indicação dos valores organizacionais determina a descrição de um quadro claramente definido que orienta e baliza o comportamento e acção associativas, quer dizer: a acção das pessoas nas suas relações interna e externas, enquanto organização. Embora a maioria das pessoas consiga fazer um juízo crítico do seu comportamento e acção, a organização deve pautar a sua interacção, tanto a nível interno quanto externo, por um referencial normativo de elevados padrões éticos que suportarão toda a sua actividade organizativa.




AddThis Social Bookmark Button